TEM NEWS

Capital paulista aumentou em 79% as vendas de imóveis em maio

São Paulo -Wikipedia
São Paulo -Wikipedia

O mês de maio foi o melhor do ano em vendas de imóveis na Capital em relação aos meses anteriores

De acordo com dados oficiais do SECOVI-SP (Sindicado da Habitação) oriundos de sua Pesquisa do Mercado Imobiliário, em maio foram vendidas 2.170 unidades residenciais novas – resultado 79% superior ao total de vendas de abril (1.212 unidades) e 104,9% acima do resultado de maio de 2016 (1.059 unidades comercializadas) na capital paulista.

O VGV (Valor Global de Vendas) de maio foi de R$ 1.067,4 milhão, volume 49,5% superior ao de abril (R$ 713,8 milhões comercializados) e 56,7% acima do VGV de maio de 2016 (R$ 681,4 milhões) – valores atualizados pelo INCC-DI (Índice Nacional de Custo da Construção) de maio de 2017.

 

capital
Fonte SECOVI-SP

 

Dados da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio) mostram que na cidade de São Paulo foram lançadas 2.300 unidades residenciais em maio, volume 139,8% superior ao registrado em abril (959 unidades) e 97,3% acima do resultado do quinto mês do ano passado (1.166 unidades).

No acumulado de janeiro a maio de 2017, foram lançadas 5.045 unidades residenciais na capital paulista, alta de 34,4% em relação ao mesmo período de 2016 (3.755 unidades); e foram comercializadas 6.035 unidades, representando aumento de 18,4% em relação ao mesmo período de 2016, quando as vendas totalizaram 5.097 unidades.

 

capital
Fonte SECOVI-SP

 

Em maio, a oferta na Capital foi de 21.960 unidades para venda, entre imóveis na planta, em construção e prontos (estoque), lançados nos últimos 36 meses (junho de 2014 a maio de 2017). Houve redução de 2,5% em relação a abril (22.528 unidades) e de 11,4% em comparação a maio do ano passado (24.799 unidades).

O indicador VSO (Vendas sobre Oferta), que apura a porcentagem de vendas em relação ao total de unidades ofertadas, foi de 9% em maio, apresentando alta em relação ao mês de abril deste ano e maio de 2016, quando foram registrados, respectivamente, 5,1% e 4,1% de VSO.

 

capital
Celso Petrucci, Economista-Chefe do SECOVI-SP – Divulgação

Celso Petrucci, economista-chefe do SECOVI-SP avalia que os imóveis com melhores desempenhos de venda são os de tíquetes mais baixos, comprovando que a demanda para esta faixa de preço continua alta e respondendo positivamente à oferta. Diz ainda que, “há uma grande dificuldade para viabilizar imóveis com preços abaixo de R$ 240 mil, enquadrados no programa Minha Casa, Minha Vida, devido aos valores dos terrenos e insumos”.

Na perspectiva dos corretores de imóveis, há um crescimento nos plantões de venda, não só em número de visitantes, mas de clientes com real interesse de adquirir o imóvel, ainda que em volume inferior em relação aos bons tempos do boom imobiliário.

 

capital
Emilio Kallas, VP de Incorporação e Terrenos Urbanos do SECOVI-SP-Divulgação

Na visão de Emilio Kallas, da Kallas Incorporações, e vice-presidente de Incorporação e Terrenos Urbanos do SECOVI-SP, se a demanda permanecer reprimida, haverá agravamento no déficit habitacional da capital paulista. “O lançamento de novas unidades, além de atender parte da necessidade de moradias, gera empregos e aumenta a arrecadação de impostos. Mas há gargalos que ainda precisam ser resolvidos, como os distratos e a calibragem das legislações urbanísticas da Capital.”

 

capital
Flavio Amary, Presidente do SECOVI-SP – Divulgação

Flávio Amary, presidente do SECOVI-SP observa que, “os dados da pesquisa sinalizam a volta da confiança dos empresários frente aos indicadores positivos da economia, bem como maior segurança dos compradores para efetivar negócios. No entanto, ainda estamos longe de atingir a capacidade de produção e comercialização de imóveis em volume que represente plena retomada do setor e que seja suficiente para atender à crescente demanda por moradia”.

Confira a pesquisa completa, realizada pelo SECOVI-SP, com dados da Capital e da Região Metropolitana de São Paulo.

 

Fonte: SECOVI-SP – Edição Redação TEM Sustentável

 






Verificar também

ibape

Ibape/SP abre inscrições para cursos de outubro com foco em perícias

Valoração ambiental, perícias judiciais e acessibilidade estão na grade dos cursos de outubro. As inscrições …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *