sexta-feira , 19 janeiro 2018
TEM NEWS

Casas de garrafas PET formam vila inteira no Panamá

garrafas PET
Plastic Bottle Village

Casas de garrafas PET formam vila inteira no Panamá

Fazer uso de materiais que à primeira vista poderiam ir para o lixo, dando vida a novas formas e utilidades, é prática cada vez mais comum. O artesanato com garrafa PET, por exemplo, está aí para nos provar diariamente como a transformação deve fazer parte de nossa rotina quando o objetivo é torná-la mais produtiva. Mas você já pensou essa realidade aplicada à construção sustentável, em casas construídas com garrafas PET?

Um morador do Panamá e voluntários pensaram e criaram a comunidade Plastic Bottle Village, uma espécie de ecovila localizada em pleno paraíso natural, rodeada de animais nativos e muita vegetação. Ainda em construção, a vila conta com três casas de garrafa PET inicialmente criadas como protótipos e que se estendem por uma colina de aproximadamente 154 mil m², com 120 lotes que têm vista para o mar e rodeados de natureza.

O caráter sustentável das casas de garrafas PET

Sim, uma casa de garrafa PET por si já denota um lado ecológico e ambientalmente responsável! Porém, as residências da Plastic Bottle Village ainda ganham em eficiência hídrica e energética. Seu projeto é composto por sistema de fossa sética (para tratamento e transformação do esgoto doméstico), cisterna para captação de águas pluviais e telhados com painéis solares.

garrafas PET
Plastic Bottle Village

Aliás, a própria estrutura de garrafas PET permite a entrada de luminosidade e ventilação naturais suficientes, vantagem que resulta em conforto térmico e economia, uma vez que há redução no uso de eletricidade. Não satisfeitos, os moradores da ecovila nascida da reciclagem de garrafas PET ainda desfrutam de parque para trilhas, miniloja, horta e espaço exclusivo para atividades esportivas e culturais. A ideia é levá-los a realmente viverem em comunidade.

Garrafas PET como elementos construtivos

Segundo o idealizador da Plastic Bottle Village, Robert Bezeau, a reutilização de garrafas plásticas na construção das moradias contou com técnicas revolucionárias de eco-construção, sendo que o material foi pensado para agir como o principal isolamento para o interior das paredes de concreto. O objetivo do projeto foi, além do reaproveitamento das garrafas PET, o compartilhamento de uma mudança de hábitos ecológica e consciente, além de praticar a chamada arquitetura verde.

garrafas PET
Plastic Bottle Village

Boa qualidade, elegância e modernidade são outros pontos positivos das habitações de PET, com especial atenção ao primeiro: as residências que formam a ecovila são tão firmes que, de acordo com o site da Plastic Bottle Village, resistem até a terremotos. A proposta ainda serve para provar que casas de garrafa PET podem ser construídas em menos tempo quando comparadas com projetos de arquitetura convencionais.

garrafas PET
Plastic Bottle Village

O atributo sustentável da ecovila de casas de PET vai além do fato de a prática dar fim a garrafas de plástico que poluem as praias ao redor. Isso graças à ação da comunidade, que realiza a troca de alimentos não-perecíveis como arroz, feijão, trigo, açúcar, sal e óleo por garrafas PET com as famílias de baixa renda do Panamá. A prática não só incentiva a consciência ecológica, como contribui com a população carente e educa as pessoas sobre reciclagem. Que bela iniciativa!

garrafas PET
Plastic Bottle Village

.

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

Construções Sustentáveis

Construções Sustentáveis apostam no BIM como aliado para projetos

Tecnologia é hoje a principal ferramenta para o desenvolvimento de construções sustentáveis e ecologicamente corretas …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *