TEM NEWS

CICS – USP constrói edifício-laboratório para testar soluções sustentáveis em construção

CICS
 Image: CICS

CICS – USP constrói edifício-laboratório para testar soluções sustentáveis em construção

Centro de Inovação em Construção Sustentável (CICS). Esse será o nome do novo edifício-laboratório da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), construído a partir de materiais e produtos inovadores e novas tecnologias de construção. No espaço funcionará uma espécie de living lab, isto é, uma ferramenta que permite testar soluções construtivas em que profissionais e pesquisadores envolvidos com a construção civil ficarão locados.

O CICS será formado por laboratórios, escritórios, salas de reunião e espaço multiuso com o objetivo de proporcionar aos usuários vivências que se tornarão a própria experiência das pesquisas desenvolvidas no Centro. “O edifício em si é a pesquisa, uma vitrine de diferentes tecnologias inovadoras sendo estudadas e testadas simultaneamente por uma equipe multidisciplinar”, explica a arquiteta Diana Csillag, pesquisadora da Poli encarregada da gestão do projeto CICS.

 

Construção e funcionamento

O edifício do CICS tem um projeto arquitetônico inicial, elaborado pelo escritório aflalo/gasperini arquitetos e sua construção deve começar no segundo semestre de 2016. O laboratório será criado de forma a permitir a flexibilidade para mudanças e substituições de suas partes e sistemas, como fachadas, coberturas, revestimentos, iluminação etc. Por ser um campo de experimentação, serão monitorados diversos aspectos do laboratório, como geração e consumo de energia, temperatura, entre outros.

Segundo o professor Vanderley John, integrante da Comissão Coordenadora do CICS e do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Poli, uma das tecnologias já está sendo desenvolvida no Laboratório de Microestrutura e Ecoefiência da universidade. “Trata-se de uma parceria com a InterCement para desenvolver concretos ecoeficientes, com baixo teor de ligante, uma solução de baixo custo para reduzir a emissão de gás carbônico da indústria de cimento. Será utilizado no prédio do CICS como um teste-piloto”.

O CICS ainda buscará soluções avançadas para água, energia limpa, condicionamento ambiental (que foca questões hidrotérmicas, visuais, acústicas e da qualidade do ar interno e externo), iluminação, sistemas construtivos, uso de novos materiais, monitoramento, soluções construtivas, e geração descentralizada de energia. Também são de interesse os conceitos de soluções multifuncionais, sistemas adaptáveis ou ativos, internet das coisas, planejamento da vida útil e zero-net energy, conceito no qual o consumo e a produção de energia se equiparam.

 

Realização de workshops

Além da realização de testes e estudos, o CICS será um espaço para a prática de uma série de workshops temáticos. A equipe tem como foco receber ideias e contribuições de pesquisadores, profissionais do setor, empresas e organizações sobre produtos, tecnologias, serviços e materiais para o edifício. “O objetivo do workshop é abrir uma canal de comunicação simplificado com empresas e comunidade”, comenta o professor John.

Os workshops têm cinco módulos, abordados em datas diferentes, nos quais serão apresentadas propostas para: água e esgoto; construtibilidade; domótica (automação e monitoramento); condicionamento de ar e geração de energia descentralizada; e envelope do edifício, fachadas e cobertura. Os primeiros, sobre Água e Esgoto, Construtibilidade e Domótica aconteceram nos dias 6, 11 e 18 de abril. Já os próximos, sobre Condicionamento de ar e geração de energia e Envelope do edifício, fachadas e coberturas ocorrerão nos dias 2 e 9 de maio, respectivamente.

 

Para acessar o site dos dados dos workshops clique AQUI (Com informações da Poli-USP)

 

Fique informado sobre as novidades aqui do portal. Assine.


Verificar também

BIM

Plataforma BIM: benefícios e aplicações práticas

Entre as possibilidades que o BIM oferece, estão os ensaios e simulações para análises de …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *