TEM NEWS

Como economizar água com aditivos para concreto

Imagem: Hemenway Concrete
Imagem: Hemenway Concrete

Como economizar água com aditivos para concreto

Certamente você já percebeu que não são poucos os desperdícios de recursos naturais e impactos ambientais durante uma obra. Da produção de insumos à operação propriamente dita e geração de resíduos, estima-se que chega a 75% a extração do meio ambiente. Nesse sentido, encontrar soluções e entender como economizar água em canteiros de obra, por exemplo, é uma das etapas mais importantes na obtenção de uma construção sustentável.

Com um cenário cada vez mais inquietante quando o assunto é água potável, a conscientização e mobilização de profissionais da construção civil, bem como de consumidores finais, para economizar esse bem é emergente. Para se ter ideia da urgência na busca por maior economia de água em obras civis, segundo o Comitê Temático da Água do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS), em áreas urbanizadas o consumo chega a cerca de 50% dos recursos hídricos da região.

Aditivos para concreto: entenda como economizar água com eles

Imagem: Burke Park Design

 

Partindo para a solução do desperdício e na procura por tecnologias e fontes alternativas que apontem como economizar água e minimizar a escassez em uma construção, os aditivos para concreto surgem como opções viáveis e acessíveis. De acordo com Shingiro Tokudome, engenheiro civil pela UFPR e pós-graduado em tecnologia do concreto no Japão, em entrevista a alguns veículos, aditivos para concreto foram desenvolvidos com a finalidade de criar uma peça perfeita, com melhor trabalhabilidade e que utilize menos água.

“Quando consideramos apenas um metro cúbico de concreto, notamos que é necessária a utilização de 210 litros de água. Com a aplicação de aditivos para concreto e argamassa, esse número cai para 180 litros com a mesma quantidade de cimento”. Tokudome explica ainda que os aditivos contribuem com o meio ambiente não só por ajudarem a economizar água, mas também por permitirem utilizar menos calcário e argila, além de proporcionarem a diminuição da emissão de CO².

Tipos de aditivos para concreto

Imagem: Burke Park Design
Imagem: Burke Park Design

 

Aditivos para concreto não têm só na forma como economizar água sua única vantagem. Com tecnologia especial, eles também são capazes de facilitar o manuseio e aumentar a plasticidade do concreto o que, consequentemente, melhora sua resistência a pressões e amplia sua impermeabilidade. O lado positivo do aditivo para concreto que reduz o consumo de água também está na variedade de tipos que apresenta, dentre eles:

– Plastificantes: aditivos plastificantes para concreto literalmente plastificam o material e aumentam o seu slump (consistência) sem a adição de recursos hídricos. Com ele, é possível manter a resistência inicial e final do concreto, sem alterar seu tempo de pega.

– Superplastificantes: funcionam como os aditivos plastificantes, mas ajudam a economizar mais água, pois obtêm os mesmos efeitos com dosagens menores. Resultado: uma redução de 20% a 25% da razão água-cimento. Além disso, o aditivo superplastificante evita a perda de resistência do concreto, facilitando o seu espalhamento.

– Aditivos aceleradores de resistência: também conhecidos como AR, utilizam menos água, além de menos cimento. Aditivos para concreto do tipo AR aceleram a cristalização e o endurecimento do material, o que resulta em um tamponamento instantâneo.

Como usar aditivos para economizar água?

Imagem: Fotolia
Imagem: Fotolia

 

Pensar em como economizar água com o uso de aditivos para concreto exige cuidados e algumas precauções. Isso porque, antes de misturar o produto ao cimento, é essencial saber o momento certo para aplicação, a forma como deve ser aplicado e a dose correta. Geralmente, o aditivo é incorporado ao concreto em pequenas quantidades, visto que em grandes volumes o produto pode causar alterações irreversíveis ao material.

Também é importante garantir uma mistura equilibrada e bem homogeneizada entre os aditivos e o cimento, detalhe responsável por garantir o resultado desejado. O processo pode ser manual, por meio de centrais de concreto ou realizado com o uso de betoneiras estacionárias. São várias as marcas de aditivos hoje disponíveis no mercado; por isso, a dica é buscar com o fabricante informações completas sobre o produto, modo de usar e indicação.

 

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

Parque Villa-Lobos

Parque Villa-Lobos ganha projeto exclusivo de energia solar

O primeiro do Brasil provido de energia solar, Parque Villa-Lobos foi o escolhido para a …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *