TEM NEWS

Como trabalhar com plástico reciclado e concreto protendido na construção sustentável

Imagem: Inhabitat
Imagem: Inhabitat

 

Desperdício, despesa e poluição. Esses são alguns dos problemas possíveis de serem resolvidos com o reaproveitamento de determinadas matérias-primas, por vezes consideradas dispensáveis quando aparentam ter perdido sua utilidade. Quer um exemplo? Um dos melhores é o plástico reciclado que, quando empregado em obras de construção sustentável, comprova o quanto pode ser útil, funcional e versátil.

Juntamente com ele, está o chamado concreto protendido, que faz uso da técnica de protensão não-aderente e permite racionalização e resistência. Ambos os métodos construtivos, ambientalmente vantajosos, podem ser aplicados em projetos residenciais, públicos, corporativos e comerciais, provando suas vantagens não só para o meio ambiente, mas para a economia e a arquitetura verde.

Para entender como são usados e de onde vem o seu caráter sustentável, acompanhe a entrevista técnica que o TEM Sustentável fez com o Dr. Joaquim Caracas, CEO e fundador da empresa Impacto Protensão, especializada no desenvolvimento de sistemas construtivos para lajes prediais que utilizam técnicas inovadoras e patenteadas. Diversas tecnologias do portfólio do profissional incluem plástico reciclado, design inteligente e concreto protendido, promovendo economia de até 85% no uso da madeira e até 45% em mão de obra.

Dr. Joaquim Caracas
Dr. Joaquim Caracas

 

TEM Sustentável – Quais são ganhos ambientais e econômicos do uso do plástico reciclado na construção?

Dr. Joaquim Caracas – Como bem se sabe e se ouve todos os dias, a construção civil é amplamente conhecida por seu potencial gerador de resíduos e poluição do meio ambiente no qual atua. A utilização de produtos de origem reciclada é uma demanda do planeta, para todos os segmentos industriais, e o setor não poderia ficar de fora. É por isso que o uso do plástico reciclado é extremamente vantajoso para a construção, por ser um material de enorme flexibilidade e se adaptar a formas e dimensões distintas, atendendo a demandas específicas das obras. Além de trazer benefícios diretos na sua utilização, ele é um material com alta capacidade de reciclagem e reutilização.

 

Imagem: GR GreenBuilding Products
Imagem: GR GreenBuilding Products

 

TEM Sustentável – Em geral, quais as vantagens de um sistema construtivo com plástico reciclado para empresas, profissionais e o meio ambiente?

Dr. Joaquim Caracas – Sem dúvida a vantagem está na possibilidade da modularização dos produtos utilizados e no fato de podermos reutilizar os materiais, agregando-os novamente à cadeia produtiva e reduzindo consideravelmente a quantidade de resíduos gerados. A possibilidade de reciclar a maior parte dos materiais é certamente a característica que faz dos sistemas construtivos com plástico opções sustentáveis.

 

Imagem: recycledplasticbuildingmaterials.co.uk
Imagem: recycledplasticbuildingmaterials.co.uk

 

TEM Sustentável – Mas na prática, como o plástico reciclado pode ser usado na construção civil?

Dr. Joaquim Caracas – Seu uso se dá em diversas funções. Na Impacto, por exemplo, ele é empregado na capa dos cabos de protensão, nas caixas utilizadas nas lajes nervuradas, no Plasterit das lajes maciças e na execução de protótipos por meio da impressão 3D. Na empresa, passamos a desenvolver técnicas que otimizam a execução de estruturas de concreto, atingindo, assim, uma melhor utilização de recursos e mão de obra e técnicas mais eficientes, que também passaram a ser o foco do nosso negócio. Atualmente, acumulamos 17 patentes de produtos que envolvem materiais sustentáveis a ponto de substituir 85% da madeira utilizada nas obras por plástico reciclado, além de garantir uma redução de custos de até 32% nas despesas com essas obras e o uso de até 45% menos mão de obra.

TEM Sustentável – Para módulos habitacionais, quais os benefícios do plástico reciclado?

Dr. Joaquim Caracas – O módulo habitacional feito com plástico reciclado é uma alternativa que garante rápida montagem, além de ser flexível, reutilizável, durável e com diferentes níveis de acabamento. Por esta razão, pode ser usado em canteiros de obras, escritórios, estandes de vendas, banheiros, alojamentos, refeitórios e quaisquer construções temporárias ou provisórias. Módulos habitacionais em plástico reciclado ainda se comportam melhor do que uma estrutura convencional de madeira, alvenaria e container metálico. Suas telhas são produzidas com o uso de telhas ecológicas ou convencionais. Já a ventilação é garantida por janelas de posicionamento flexível.

 

Imagem: Impacto Protensão
Imagem: Impacto Protensão

 

TEM Sustentável – Sobre a técnica de protensão não-aderente em estruturas, com a qual a Impacto também trabalha, o que é e quais características a definem?

Dr. Joaquim Caracas – Ela nada mais é do que a inserção de cabos de aço com uma capa plástica (conhecidos por cordoalhas). Esses cabos são tracionados no interior da peça de concreto e, após a concretagem, aplicam na estrutura uma tensão prévia. A Impacto foi criada justamente com a missão de aplicar e difundir no Brasil a técnica de protensão não-aderente em estruturas, permitindo economia de concreto na construção civil e, consequentemente, tornando-a um método construtivo mais sustentável.

TEM Sustentável – Como ela funciona e quais os seus processos?

Dr. Joaquim Caracas – A utilização da protensão é iniciada no cálculo estrutural. O calculista (um engenheiro especialista em cálculo de estruturas) realiza todas as etapas de dimensionamento da estrutura, considerando a utilização da protensão e garantindo quesitos como segurança e durabilidade. Já na etapa de execução, a quantidade de cabos determinada pelo calculista é localizada na estrutura, de forma extremamente fiel ao projeto. Uma vez que a concretagem tenha sido realizada e o concreto apresente uma resistência mínima requerida, os cabos podem ser tracionados, isto é, um macaco hidráulico aplica carga nos mesmos. Desta forma a protensão está concluída, basta realizar o corte dos cabos e a sua fixação final no concreto.

TEM Sustentável – E o que é concreto protendido? Quais suas diferenças em relação ao concreto comum?

Dr. Joaquim Caracas – Concreto protendido é um concreto que apresenta os cabos de protensão em seu interior. A sua diferença é justamente a existência desses cabos no lugar de boa parte do aço comumente utilizado nas estruturas de concreto armado convencional. Tal característica fornece ao concreto durabilidade, alta qualidade final, sustentabilidade e a possibilidade de vencer vãos maiores, compreendendo um procedimento bastante vantajoso para a estrutura.

TEM Sustentável – Em relação a custos, ele também é mais vantajoso do que as marcas de concreto tradicionais já estabelecidas no mercado?

Dr. Joaquim Caracas – Sim, uma vez que a protensão substitui parte do aço aplicado em uma estrutura convencional. Com menos dinheiro você compra mais resistência para a sua estrutura! Por isso, financeiramente o uso da protensão é, sem dúvida, extremamente vantajoso. No dia a dia é possível sentir o quanto empresas e indústrias voltadas ao setor de construção civil podem se beneficiar com o concreto protendido através do aumento da produtividade de suas obras, da economia de dinheiro e recursos e do vencimento de vãos sem o emprego de pilares.

 

Imagem: Impacto Protensão
Imagem: Impacto Protensão

 

TEM Sustentável – E relativo à segurança e qualidade das edificações construídas com o concreto protendido, ele as garante?

Dr. Joaquim Caracas – Com toda certeza! A protensão é amplamente difundida no mundo, principalmente nos EUA, e vem sendo utilizada com muita garantia em larga escala no Brasil. Tudo é certificado e calculado da melhor maneira possível, garantindo, em primeiro lugar, a segurança e a estabilidade das estruturas. Diversas normas regulam e certificam a utilização da protensão no Brasil. Aliás, elas devem ser seguidas para um projeto e execução que façam uso desta tecnologia. São elas: NBR 14.931; NBR 6118; NBR 15.200.

 

Imagem: Impacto Protensão
Imagem: Impacto Protensão

 

TEM Sustentável – O que um proprietário, empresa ou profissional do setor deve fazer para que seus projetos sejam criados com concreto protendido?

Ele deve solicitar ao calculista que inclua o material em seu projeto. Para os casos em que o calculista não tem esse conhecimento, que é imprescindível à aplicação da técnica, a Impacto desenvolveu a formação de profissionais por meio do seu Centro de Consultoria em Protensão (CCP). O objetivo é capacitar projetistas estruturais para utilizarem a solução protendida como uma ferramenta capaz de minimizar custos, impactar menos o meio ambiente e viabilizar obras, além de oferecer maior durabilidade para a estrutura.

Quer saber mais o uso racional do plástico reciclado em sistemas construtivos? Participe do 2° Congresso Brasileiro do Plásticoe acompanhe a palestra do Dr. Joaquim, que abordará o tema de forma ampla, técnica e profissional.

 

 

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

pavimentos permeáveis

Pavimentos permeáveis possibilitam captação de água

Pré-fabricados ou moldados no local, os pavimentos permeáveis são opção para armazenamento de água de …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *