TEM NEWS

Compactação que traz segurança e economias ao projeto

Reversível CR 5, da Weber MT, destinada a trabalhos de médio porte de compactação
Reversível CR 5, da Weber MT, destinada a trabalhos de médio porte de compactação

Para executar a compactação de solos, placas vibratórias e compactadores tornam terrenos mais resistentes e diminuem riscos

O processo de compactação de um solo consiste em reduzir seus vazios por meio de pressão, impacto ou vibração. Estudos geotécnicos comprovam que a variação dos teores de umidade, da compressibilidade e da permeabilidade diminui, enquanto a resistência ao cisalhamento e à erosão aumenta. E para melhorar as propriedades de um terreno e torná-lo mais homogêneo, diferentes tipos de equipamentos podem ser aplicados. Dois exemplos deles são os compactadores de solo e as placas vibratórias.

Os equipamentos têm aplicações próximas, mas diferentes ainda assim. “O compactador é mais apropriado para solos que precisam de nivelamento, devido ao poder de compactação superior à placa vibratória e geralmente utilizado antes da concretagem”, afirma Bruno de Castro, do departamento de Marketing da EMIT Brasil. Normalmente, são aplicadas em estradas, aterros, reservatórios, além de trabalhos relacionados ao enchimento de gasodutos, tubulações de água e instalações de cabos.

 

Compactador de Solo EP-CSG100, da EMIT Brasil, equipado com sistema anti-vibração
Compactador de Solo EP-CSG100, da EMIT Brasil, equipado com sistema anti-vibração

 

“Enquanto isso, a placa vibratória é mais recomendada para aplainar o solo, sendo amplamente utilizada em asfaltos, para fazer pequenos trabalhos e tampar pequenos buracos”, complementa Castro. Além da pavimentação de asfalto, tanto para o acabamento quanto para a manutenção, costumam ser aplicados na compactação de materiais granulares como terra, pedregulho, areia e suas misturas.

 

Carlos Junior da Weber MT
Carlos Junior da Weber MT

Mesmo dentro do universo das placas vibratórias, existe também outra diferença básica. Há os equipamentos reversíveis e unidirecionais, com sistemas hidráulicos distintos. “Com o deslocamento reverso, as placas reversíveis apresentam melhor rendimento e produtividade. Elas possuem, em média, 50% a mais de força de compactação quando comparadas a placas unidirecionais”, detalha Carlos Hexsel Junior, gerente nacional de Vendas da Weber MT.

Elas também têm aplicações variadas, por conta da força de impacto. As placas reversíveis são ideais para compactação em valas ou em engenharia estrutural, quando se necessita de grande produtividade de compactação – atingem, em média, 900 m²/h. Já as placas unidirecionais não podem ser utilizadas em camadas de terreno muito grossas. São ideais para compactação de solos granulares, brita, asfalto e pavimentos intertravados de concreto.

 

 

Sustentabilidade na compactação

Os equipamentos são sustentáveis especialmente por trazer mais segurança ao local onde operam. “A elevada força centrífuga e controle hidráulico, além da baixa exposição do operador às vibrações de mãos e braços, proporcionam conforto de operação, resultando em maior rendimento. Isso permite uma execução mais rápida da compactação. A qualidade e durabilidade garantem alta produtividade e elevadas taxas de utilização por locadoras de equipamentos”, conta Hexsel Junior.

 

Modelo CR6 da Weber MT
Modelo CR6 da Weber MT

 

O objetivo dos compactadores de solo e das placas vibratórias é exatamente o de tornar o terreno mais resistente. “Os riscos do piso ou lugar compactado afundar ou não suportar o peso são bem menores, então o projeto ganha em segurança e ainda economiza dinheiro, tempo e mão-de-obra futuramente em termos de manutenção”, acrescenta Castro.

 

Equipamento em operação tornando o solo mais homogêneo
Equipamento em operação tornando o solo mais homogêneo

 

Os modelos de equipamentos mais sustentáveis são aqueles que utilizam motor 4 tempos. Garantem maior economia de combustível, partidas fáceis em qualquer temperatura e pouco nível de ruído e vibração. O principal fator é que possuem baixa emissão de poluentes.

 

 

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

Controladores

Controladores de carga, o meio-campo da voltagem nas baterias

Com a função de evitar sobrecargas e descargas excessivas, controladores preservam e prolongam vida útil …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *