TEM NEWS

Construções Sustentáveis apostam no BIM como aliado para projetos

Construções Sustentáveis
Foto: www.theagilityeffect.com

Tecnologia é hoje a principal ferramenta para o desenvolvimento de construções sustentáveis e ecologicamente corretas

É cada vez mais frequente o interesse de construtoras e incorporadoras por ferramentas e tecnologias que otimizem projetos e possibilitem o desenvolvimento de construções sustentáveis com economia de recursos naturais, matéria-prima, insumos e investimento financeiro, tudo isso, a ser realizado no menor tempo possível.  Uma das maiores inovações para o setor é o BIM (Building Information Modeling), em português, Modelagem da Informação da Construção, que é a representação de um projeto de engenharia por meio de um modelo virtual de edificação.

O setor da construção civil vem se mostrando cada vez mais preocupado e engajado nas questões ambientais, assim como os consumidores estão cada vez mais críticos na hora de optar pela aquisição de um imóvel, seja ele residencial ou comercial. E através do BIM é possível analisar o conforto térmico, acústico e luminotécnico, ajudando a otimizar o consumo de água, energia elétrica e emissão de carbono na atmosfera – o que pode credenciar o empreendimento a certificações específicas para construções sustentáveis. 

“O conceito é uma tendência para a modelagem na construção, onde antes existiam apenas modelos 2D e mapas dos projetos (ou seja, mera representação planificada do que será construído), agora passa a ter o modelo 3D, onde tudo é mais visual e mais informativo”, disse Ronis de Sousa, gerente de projetos (obras) da Globaltec, empresa especializada em soluções de gestão empresarial para o segmento de construção civil.

Ronis ainda observa que muitas empresas estão procurando se adequar para utilizar essa tecnologia e classifica isso como um diferencial importante, pois o BIM é capaz de integrar atributos parametrizáveis (materiais, especificações, fabricantes, preço e finalidade) e informações geométricas (posição e dimensões), possibilitando aos gestores a identificação de falhas nos projetos ainda na fase de concepção.

 

Construções Sustentáveis
Interface da Solução BIM da Globaltec – Divulgação

 

Mas vale destacar que para ser eficaz, o BIM precisa estar totalmente integrado aos negócios da empresa. E ele sozinho não é capaz de fazer um orçamento detalhado, projetar todas as despesas e receitas e adequar a folha de pagamento de toda a mão de obra e, por isso, é importante contar com softwares de gestão que não só possibilitam o controle financeiro, como também o gerencial e físico.

Para isso, a Globaltec disponibiliza o software UAU, que possui módulos de planejamento econômico e financeiro capazes de se integrar ao BIM e suprir todas as necessidades da obra. As empresas ainda têm a possibilidade de prever gastos e aprimorar seu planejamento, ajudando-as a atender até mesmo as necessidades mais específicas dos clientes. 

 

Construções Sustentáveis
Claudio de Morais – diretor de produtos da Globaltec – Divulgação

Entre os benefícios do BIM integrado ao UAU estão: previsibilidade, precisão, visualização, otimização e atualização. “A tecnologia trabalha a nosso favor. Através do BIM, hoje podemos visualizar todo o projeto da obra e como ficará antes mesmo de iniciar a construção. Além disso, é possível prever gastos e aprimorar o planejamento”, finalizou Claudio de Morais, diretor de produtos da Globaltec. 

 

Construções Sustentáveis
Equipe da Globaltec – Divulgação

 

Fonte: PR Digital / Carolina Zambelo – assessoriaprdigital@gmail.com

 

Fique informado sobre as novidades aqui do portal. Assine.


Verificar também

Elétrica

Instalação elétrica para canteiros exige atenção especial

Entenda como manter a sustentabilidade da rede elétrica de um canteiro de obras fazendo uso …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *