sábado , 17 fevereiro 2018
TEM NEWS

Construções Sustentáveis apostam no BIM como aliado para projetos

Construções Sustentáveis
Foto: www.theagilityeffect.com

Tecnologia é hoje a principal ferramenta para o desenvolvimento de construções sustentáveis e ecologicamente corretas

É cada vez mais frequente o interesse de construtoras e incorporadoras por ferramentas e tecnologias que otimizem projetos e possibilitem o desenvolvimento de construções sustentáveis com economia de recursos naturais, matéria-prima, insumos e investimento financeiro, tudo isso, a ser realizado no menor tempo possível.  Uma das maiores inovações para o setor é o BIM (Building Information Modeling), em português, Modelagem da Informação da Construção, que é a representação de um projeto de engenharia por meio de um modelo virtual de edificação.

O setor da construção civil vem se mostrando cada vez mais preocupado e engajado nas questões ambientais, assim como os consumidores estão cada vez mais críticos na hora de optar pela aquisição de um imóvel, seja ele residencial ou comercial. E através do BIM é possível analisar o conforto térmico, acústico e luminotécnico, ajudando a otimizar o consumo de água, energia elétrica e emissão de carbono na atmosfera – o que pode credenciar o empreendimento a certificações específicas para construções sustentáveis. 

“O conceito é uma tendência para a modelagem na construção, onde antes existiam apenas modelos 2D e mapas dos projetos (ou seja, mera representação planificada do que será construído), agora passa a ter o modelo 3D, onde tudo é mais visual e mais informativo”, disse Ronis de Sousa, gerente de projetos (obras) da Globaltec, empresa especializada em soluções de gestão empresarial para o segmento de construção civil.

Ronis ainda observa que muitas empresas estão procurando se adequar para utilizar essa tecnologia e classifica isso como um diferencial importante, pois o BIM é capaz de integrar atributos parametrizáveis (materiais, especificações, fabricantes, preço e finalidade) e informações geométricas (posição e dimensões), possibilitando aos gestores a identificação de falhas nos projetos ainda na fase de concepção.

 

Construções Sustentáveis
Interface da Solução BIM da Globaltec – Divulgação

 

Mas vale destacar que para ser eficaz, o BIM precisa estar totalmente integrado aos negócios da empresa. E ele sozinho não é capaz de fazer um orçamento detalhado, projetar todas as despesas e receitas e adequar a folha de pagamento de toda a mão de obra e, por isso, é importante contar com softwares de gestão que não só possibilitam o controle financeiro, como também o gerencial e físico.

Para isso, a Globaltec disponibiliza o software UAU, que possui módulos de planejamento econômico e financeiro capazes de se integrar ao BIM e suprir todas as necessidades da obra. As empresas ainda têm a possibilidade de prever gastos e aprimorar seu planejamento, ajudando-as a atender até mesmo as necessidades mais específicas dos clientes. 

 

Construções Sustentáveis
Claudio de Morais – diretor de produtos da Globaltec – Divulgação

Entre os benefícios do BIM integrado ao UAU estão: previsibilidade, precisão, visualização, otimização e atualização. “A tecnologia trabalha a nosso favor. Através do BIM, hoje podemos visualizar todo o projeto da obra e como ficará antes mesmo de iniciar a construção. Além disso, é possível prever gastos e aprimorar o planejamento”, finalizou Claudio de Morais, diretor de produtos da Globaltec. 

 

Construções Sustentáveis
Equipe da Globaltec – Divulgação

 

Fonte: PR Digital / Carolina Zambelo – assessoriaprdigital@gmail.com

 

Vai construir ou reformar?

Guia de Produtos

 

Receba nosso conteúdo grátis. ASSINE AQUI!

 

Verificar também

Bresco

Bresco Investimentos foca em soluções sustentáveis

Parque Corporativo Bresco Viracopos recebe investimentos em ações verdes que somarão R$ 50 milhões A …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *