TEM NEWS

Esquadrias da moda – A hora e a vez do PVC

Esquadrias
 Foto: Weiku

Além de 100% recicláveis, esquadrias de PVC têm inúmeros benefícios sustentáveis, como eficiência termoacústica e durabilidade

Todo ambiente, quando projetado, deve levar em conta principalmente a importância das esquadrias, não apenas na parte estética, mas também no conforto do usuário. E foi o conforto, juntamente com a NBR 15575 – Norma de Desempenho das Edificações Habitacionais que passou a exigir melhor performance termoacústica das edificações –, que acarretou num crescimento das esquadrias de PVC no Brasil. Elas não precisam de nenhum tipo de adequação, pois atendem todos os requisitos da NBR 15575, diferentemente de outros tipos de materiais.

No entanto, a fatia de mercado poderia ser muito maior, ao menos na visão de uma empresa fabricante de sistemas de Perfis de PVC para portas e janelas. “Atualmente o PVC representa menos de 5% do mercado brasileiro de esquadrias. Em outros mercados, como o nosso vizinho Chile, o PVC representa quase 40% de todas as esquadrias do país”, afirma Rodrigo Fontana, diretor comercial e de marketing da VEKA Brasil.

 

Esquadrias
 Modelo da Veka

 

Tomando como base um estudo de 2006 chamado “Potential to Save Energy Through the use of Modern Window Systems in Europe”, realizado pelo engenheiro Marcus Hermes e apresentado no mesmo ano numa conferência em Bruxelas, na Bélgica, pode ser notada a grande diferença entre os mercados. Hermes apontou que, na Europa inteira, cerca de 40% de todas as esquadrias são de PVC. Há países como a Inglaterra, onde essa fatia sobe e atinge aproximadamente 80%.

 

Esquadrias
 Miguel Bahiense – Presidente do Instituto do PVC

E apesar de relativamente novas no País e do enorme potencial brasileiro a ser explorado, existe ainda um complicador, além de o mercado nacional olhar muito basicamente para custos. “Há muito desconhecimento com relação aos atributos e desempenho do produto, principalmente entre o público especificador e consumidor final”, comenta Miguel Bahiense, presidente do Instituto Brasileiro do PVC. “O reconhecimento do custo benefício que o uso de esquadrias de PVC traz à edificação, além de seu atributo sustentável é timidamente reconhecido no mercado brasileiro”.

 

Os benefícios das esquadrias de PVC

Esquadrias
 Modelo da Weiku


O isolamento termoacústico, como já citado, é uma das maiores vantagens sustentáveis das esquadrias de PVC e um dos fatores que mais faz a cabeça dos consumidores finais. No entanto, está longe de ser o único benefício.

 

Esquadrias
 Michael Lochner da Weiku

“Os perfis contam com grande durabilidade e longevidade, não oxidam/enferrujam, são resistentes à maresia, têm baixa manutenção, leveza e são 100% recicláveis. A instalação também é simples”, lista Michael Lochner, gerente de marketing da Weiku do Brasil.

“A produção do PVC tem a melhor balança ecológica, pois o material requer menor energia em relação ao alumínio, por exemplo”, diz Lochner. Outro fator que dá destaque é a fonte da principal matéria-prima do PVC.

“Os perfis proporcionam excelente estanqueidade, têm resistência a intempéries e excelente assepsia – o que o faz ideal para ambientes hospitalares”, complementa Bahiense. O material também não necessita de pintura e tem sua limpeza considerada simples, apenas com água e sabão neutro, sem necessidade de produtos químicos.

 

Esquadrias
 Rodrigo Fontana da Veka

“O sal marinho é um recurso inesgotável na natureza. Além disso, mesmo com o eteno em sua composição, o PVC consome apenas 0,3% do petróleo extraído no mundo, enquanto 86% são utilizados para climatização, transporte e geração de energia. Sem contar que o eteno pode ser produzido a partir do álcool da cana de açúcar, tornando-se um recurso renovável”, relata Fontana.

Num Estudo de Ecoeficiência realizado para o Instituto do PVC, a Fundação Espaço ECO, organização sem fins lucrativos, comparou a ecoeficiência das janelas de PVC e de alumínio. Foram analisados produção, montagem, instalação, uso (com ar condicionado), manutenção e destinação final, considerando variações térmicas diferentes, em cidades como São Paulo (SP), Curitiba (PR) e Natal (RN).

 

Esquadrias
 Modelo da Veka
Esquadrias
 Weiku
Esquadrias
 Weiku
Esquadrias
 Detalhe de um modelo de porta da Veka

 

Em 10 das 11 categorias analisadas, as esquadrias de PVC mostraram-se superiores em desempenho ambiental. Na categoria de maior relevância, de Consumo de Energia, a janela de PVC apresentou melhor desempenho, de 31%.

O estudo completo passou por revisão por pares, realizado pela TÜV Rheinland, que emitiu sua Declaração de Conformidade. Clique aqui para acessá-lo.

 

 

 

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

A reciclagem de entulho e o empreendedor despreparado

Já escrevi aqui sobre o interesse de muita gente na reciclagem de resíduos da construção, …

Um comentário

  1. Excelente informativo, Parabéns aos idealizadores. Precisamos nos esforçar para que essas análises comparativas sejam veiculadas em todo território nacional.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *