quarta-feira , 21 fevereiro 2018
TEM NEWS

Estudo de mercado da Sobratema projeta retomada de vendas em 2018

Estudo
Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos de Construção – 2017

Apesar da estimativa de queda em 2017, para o próximo ano o estudo aponta o crescimento de 7,9% nas unidades vendidas

Segundo o Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção, as vendas devem totalizar 12,1 mil unidades neste ano contra 14,4 mil unidades no ano anterior, o que significa uma redução de 15% ante 2016, ou seja, uma nova queda na comercialização de equipamentos para construção é esperada para 2017.

O estudo é elaborado pela Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração e foi divulgado no último dia 9 de novembro, durante o evento estratégico Tendências no Mercado da Construção. 

Esse declínio nas vendas de equipamentos foi ocasionado pela atual situação do mercado da construção e do setor de infraestrutura, que ainda não foram impactados de forma significativa pelo início da recuperação econômica, que já é percebido em outros segmentos da economia e, em especial, no PIB brasileiro, cuja expectativa, segundo o Banco Central, é alcançar, depois de três anos, um percentual de crescimento. 

Para a linha amarela – equipamentos de movimentação de terra –, o Estudo da Sobratema projeta uma diminuição nas vendas de 9% em 2017 em relação a 2016. Os equipamentos com menor retração estimada são as pás carregadeiras (queda de 5%) e as minicarregadeiras (9%). As miniescavadeiras terão a maior queda, com 32%. 

No entanto, de acordo com o Estudo Sobratema, mesmo nesta conjuntura, algumas famílias de máquinas devem conseguir dados positivos em termos de comercialização neste ano em comparação a 2016. São eles: caminhões fora de estrada (150%), motoniveladoras (56%), plataformas aéreas (38%) e gruas (25%). 

A alta na comercialização de plataformas aéreas e de gruas vai beneficiar a categoria “demais equipamentos para o setor” divulgadas pelo Estudo, cuja estimativa é alcançar uma expansão de 5% em vendas neste ano ante o ano anterior. Além desses dois equipamentos, essa categoria contempla ainda guindastes, compressores portáteis, manipuladores telescópicos e tratores de pneus. Outra categoria avaliada pelo Estudo é a área de caminhões rodoviários utilizados na construção, cuja previsão de retração é de 32% neste ano. 

 

Estudo
Estudo Sobratema indica horizonte positivo em 2018

 

O Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção ainda fornece informações relacionados aos equipamentos da área de concreto. Os caminhões betoneira devem ter uma baixa nas vendas de 44% em 2017 em comparação a 2016, enquanto que as centrais de concreto devem obter um aumento de 15%. 

 

Boas notícias para 2018 

Para o próximo ano, o Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção projeta uma retomada, com alta nas vendas de 7,9%. A linha amarela deverá apresentar um crescimento de 8%, as demais categorias de equipamentos, um aumento de 7,3%, e caminhões rodoviários usados na construção, uma alta de 8%. 

Editado desde 2007, retrata a importância econômica do setor, auxilia na formulação das políticas que facilitam a aquisição de equipamentos modernos e eficientes, e é também um instrumento de planejamento muito útil para as empresas do setor. A compilação e análise dos dados conta com a consultoria econômica do jornalista e economista Brian Nicholson. 

 

Fonte: Mecânica de Comunicação / Sylvia Mie

 

Vai construir ou reformar?

Guia de Produtos

 

Receba nosso conteúdo grátis. ASSINE AQUI!

 

Verificar também

ABIMAQ

ABIMAQ tem perspectivas positivas para 2018

Presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ mostra otimismo para este ano e avalia o …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *