sexta-feira , 15 dezembro 2017
TEM NEWS

Habitação social. A sustentabilidade aplicada em construções populares

habitação social
Habitação de interesse social – Práticas de Morar

Habitação social. A sustentabilidade aplicada em construções populares

A habitação é um dos três pilares mais importantes da nossa existência. Deve estar em ambiente sustentável em todos os sentidos. Deve representar o abrigo seguro, inserindo-se de modo harmônico no espaço contextual e na vizinhança, permitindo o acesso aos locais de exercício de funções básicas não só à sobrevivência, mas também à evolução. E mais: conviver sem conflito com o meio ambiente, respeitando-o e preservando-o.”

O trecho acima é de João Abukater Neto, diretor técnico da CDHU, e faz parte do livro elaborado pela entidade em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) para um concurso nacional de habitação social e sustentabilidade para modelos de moradia eficientes. Suas palavras serviram à época e continuam a servir para reforçar a criação de mais empreendimentos habitacionais populares de cunho sustentável e baseados em uma arquitetura social.

Conscientes dessa necessidade, administrações públicas de todo o país têm inserido em seus programas habitacionais diferentes técnicas sustentáveis, com o objetivo de oferecer aos projetos de habitação social um caráter ainda mais econômico e ambientalmente responsável. Exemplo disso é o Programa Minha Casa, Minha Vida do governo federal, que desde 2015 tem intensificado ações para a implementação de melhorias e um maior nível de sustentabilidade em seus prédios populares.

 

Práticas para uma habitação social efetivamente sustentável

Além das condutas já adotadas pela Caixa Econômica Federal para o PMCMV, como a individualização da medição de água, a instalação de aquecedores solares, casas em wood frame e a gestão de resíduos, outras importantes medidas têm sido adotadas no sentido de fomentar as construções de ainda mais empreendimentos de habitação social no Brasil. A coleção de cadernos “Minha Casa+Sustentável”, por exemplo, fornece dados técnicos e conceitos que contribuem para a sustentabilidade de um projeto habitacional.

 

habitação social
Cadernos Minha Casa+Sustentável – Ministério das Cidades

 

Em se tratando de empresas privadas envolvidas com a execução de obras sustentáveis de habitação social, a incorporadora HausBau, de São Paulo, realiza construções de habitação popular financeira, social e ecologicamente responsáveis. Dentre as propostas neles aplicadas, estão o uso de grandes caixilhos para ventilação e iluminação naturais; a geração de energia por meio de painéis fotovoltaicos; a captação de águas pluviais para a limpeza das áreas de estacionamento; e o emprego de luminárias de LED externas e nas áreas comuns.

Para Michele Nogueira, engenheira civil da empresa, um dos principais debates em torno da sustentabilidade em construções no Brasil está relacionado ao estigma de que esse tipo de solução só é viável para empreendimentos de luxo ou alta renda. “A HausBau começa a mostrar ao mercado que não é bem assim! Nosso portfólio é composto por construções de habitação social pensadas e executadas de forma a serem mais sustentáveis ao meio ambiente, moradores e sociedade, em geral”, destaca.

 

Habitação social sustentável: provas de uma realidade

Com exceção das obras sustentáveis realizadas país afora pelos próprios órgãos públicos, os projetos de habitação de interesse social da HausBau não se destacam apenas pela eficiência e confirmação de que é possível tirar a ideia do papel. O cuidado com os processos de sustentabilidade, da concepção à entrega do imóvel popular, também chama a atenção. Parceira da consultoria EcoBuilding, a empresa recebe assessoria completa com a finalidade de coordenar as técnicas aplicadas nas construções e facilitar a implantação de possíveis certificações.

 

Clique nas imagens abaixo para ampliar.

 

Seus empreendimentos sustentáveis Residencial Vista Politécnica e Residencial Parque das Flores, ambos “Minha Casa, Minha Vida”, contam com alto desempenho econômico, social e ambiental. O primeiro apresenta apartamentos construídos com chuveiros a gás e estrutura preparada para a instalação de painéis solares, enquanto o segundo conta com especificação de plantas nativas, que necessitam de menos irrigação, e com o aumento de áreas permeáveis. Em termos de sustentabilidade, eles oferecem benefícios em diferentes aspectos, dentre os principais:

 

  • habitação social
    Residencial Vista Politécnica, da HausBau – Divulgação
    Medição de água e luz individualizada.
  • Melhor controle da qualidade devido aos testes necessários no recebimento de materiais.
  • Isolamento acústico entre os apartamentos graças a lajes dimensionadas, o que resultou na redução da influência sonora externa.
  • Diminuição e descarte correto dos resíduos da construção civil.
  • Valorização dos espaços comuns.
  • Redução de impactos ao meio ambiente com o uso de materiais sustentáveis.
  • Canteiro de obras com mais sustentabilidade e menos danos ambientais.
  • Atuação positiva junto aos que sofrem impactos com a obra: trabalhadores, vizinhos e visitantes.
  • Reaproveitamento de materiais e do solo movimentado.
  • Diminuição de gastos com água e energia.
  • Limitação do esgotamento dos recursos energéticos não renováveis e das emissões de poluentes atmosféricos e de resíduos radioativos.

 

habitação social
Decorado da habitação social Residencial Vista Politécnica, da HausBau – Divulgação

 

Na opinião de Michele sobre o mercado e o desenvolvimento de propostas de habitação social com caráter sustentável, tanto a sociedade, quanto os investidores, financiadores e consumidores brasileiros têm incorporado cada vez mais as melhores práticas ambientais em suas demandas e construções. “Nesse sentido, é possível observar que empresas e profissionais ligados a programas habitacionais e dispostos a enfrentar novos desafios certamente estarão mais bem preparados para o futuro”, afirma a engenheira.

 

Já que o assunto é projeto, clique aqui e conheça outro escritório paulista que é referência na construção de empreendimentos sustentáveis!

 

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

Construções Sustentáveis

Construções Sustentáveis apostam no BIM como aliado para projetos

Tecnologia é hoje a principal ferramenta para o desenvolvimento de construções sustentáveis e ecologicamente corretas …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *