TEM NEWS

Pisos sustentáveis garantem beleza sem impactos ambientais

piso
construindodecor.com.br

Pisos sustentáveis garantem beleza sem impactos ambientais

Quando se planeja ações de construção sustentável, é comum se deter a processos mais complexos ou voltados à edificação de grandes estruturas. Reciclagem de entulho, alvenaria com materiais ecológicos, obras que racionalizam recursos naturais, reaproveitamento de água, uso de energias renováveis etc. Mas uma prática sustentável pode ser mais simples do que parece e estar literalmente na base de um projeto, com pavimentos revestidos por pisos sustentáveis.

Foi-se o tempo em que construir com pisos sustentáveis era sinônimo de superfícies sem vida e com acabamentos que contrariam quem preza por uma decoração bela, harmoniosa e funcional. Agora, os pisos ecologicamente corretos, assim também conhecidos, não só reduzem os impactos ao meio ambiente, como oferecem custo-benefício e opções que proporcionam um design moderno, ambientes elegantes e projetos cheios de beleza e personalidade.

 

Tipos de pisos sustentáveis

Construir e decorar com o uso de pisos sustentáveis passou a ser mais simples com a tecnologia, que dispõe de meios que simplificam os processos de uma obra e de materiais capazes de otimizar não só a construção, como o próprio espaço em que o piso sustentável é aplicado. Seu lado positivo também está nos diversos modelos existentes que, assim como os interessantes móveis sustentáveis, permitem ao profissional ou proprietário escolher entre diferentes cores, texturas e funções.

Piso intertravado de concreto: ideais para áreas externas e geralmente empregados em projetos de praças, estacionamentos, garagens, ciclovias e calçadas, os pisos intertravados são assim chamados por sua formatação sem rejunte. Blocos de concreto (também conhecidos por bloquetes ou pavers) são assentados sobre areia ou no solo, o que facilita a infiltração e absorção da água pluvial, evitando que escoe para córregos ou bueiros e, consequentemente, reduzindo os impactos causados pela chuva.

 

Pisos sustentáveis
Marcelo Scandaroli – PINI

Com instalação que exige processos especiais, porém descomplicados, os bloquinhos costumam ser baratos, podem ser comprados por metro quadrado e existem em cores e formas distintas. Suas espessuras também variam e atendem a diferentes intensidades de tráfego. Intertravados de concreto ainda são considerados pisos sustentáveis por refletirem 30% da luz solar, o que ajuda na economia de energia, e poderem ser reaproveitados, já que é possível retirar e reaplicar os bloquetes sem prejuízo às peças.

Piso de borracha: o caráter sustentável dos pisos de borracha está, principalmente, na reutilização da matéria-prima, oriunda de pneus ou até mesmo sobras do material usado na fabricação de calçados. Flexíveis, duráveis e antiderrapantes, eles atendem tanto a empreendimentos residenciais quanto corporativos e comerciais. Pisos sustentáveis de borracha ainda oferecem segurança e conforto térmico e acústico, são capazes de absorver impactos e diferem em cores e formatos.

 

piso
Floorcity

 

Em geral com valores bastante acessíveis, os pisos de borracha também contam com aplicação simples, o que não exclui a instalação por empresas especializadas e que garantam um serviço seguro. A dica para uma colocação de qualidade é limpar a superfície em que o piso de borracha será aplicado, evitando assim a presença de impurezas, e a distribuição de uma quantidade uniforme de cola na área em que o revestimento será fixado.

 

Pisos sustentáveis
junklog.net

 

Piso de bambu prensado: o que faz desse tipo de piso sustentável um revestimento ecologicamente correto é justamente sua base natural, uma vez que o bambu cresce rapidamente, não danifica o meio ambiente e se regenera, ou seja, um recurso renovável que não exige replantio ou fertilização. Carbonizado, natural ou texturizado, seus tipos se assemelham aos pisos de madeira, mas com a vantagem de serem mais resistentes e densos, graças ao seu alto teor de fibras.

 

Pisos sustentáveis
Neo Bambu

 

Pisos de bambu conferem aconchego aos cômodos e têm instalação superfácil, geralmente por meio do encaixe “macho-fêmea”. Fabricados e vendidos por diversas empresas especializadas neste tipo de revestimento, costumam ser mais caros que as demais opções de pisos sustentáveis e contam com tratamento e acabamento de fábrica, o que possibilita uma instalação mais rápida, menos sujeira e economia com intervenções no local.

 

Pisos sustentáveis
Floor Coverings International

 

Além desses pisos sustentáveis, atualmente os mais procurados e comercializados no Brasil, vinílicos de PVC reciclado, fórmica real, tecnocimento, madeira reflorestada e cimentício Paseo são outras opções ecologicamente viáveis para revestir assoalhos.

Conheça mais produtos indicados à construção sustentável na seção Materiais do TEM!

.

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

A reciclagem de entulho e o empreendedor despreparado

Já escrevi aqui sobre o interesse de muita gente na reciclagem de resíduos da construção, …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *