sexta-feira , 15 dezembro 2017
TEM NEWS

Pisos versáteis e econômicos

pisos
Exemplo de aplicação dos pisos intertravados

Pisos intertravados têm baixos custos envolvidos se comparados a outros, visual variado, fácil instalação e diferentes aplicações

Os pisos ou pavimentos intertravados, que tiveram seu uso iniciado no Brasil durante a década de 1980, são aqueles cuja estrutura é composta por uma camada apenas base ou base e sub-base, seguida de uma camada de revestimento formada por peças modulares de concreto com diversas formas, cores e texturas justapostas sem uma camada de assentamento. O intertravamento é proporcionado pela contenção.

 

pisos
Piso intertravado, modelo 16 faces

 

São normatizados pela ABNT NBR 9781:2013, que estabelece requisitos e métodos de ensaio para as peças de concreto, e pela ABNT NBR 15953:2011, aplicada à pavimentação com peças de concreto sujeita à movimentação de pessoas e de veículos.

 

pisos
Carlos Tauil – BlocoBrasil

“Da forma como é especificada pela ABNT, os pisos não são permeáveis. Absorvem um mínimo de água, que passa nos 3 mm de separação entre as peças, com preenchimento de areia”, afirma Carlos Alberto Tauil, consultor técnico da Associação Brasileira da Indústria de Blocos de Concreto (BlocoBrasil).

 

pisos
Cláudio Oliveira Silva – ABCP

“Quando projetados da forma convencional, há pouquíssima permeabilidade, similar aos pavimentos de asfalto ou de concreto moldado no local”, complementa Cláudio Oliveira Silva, gerente de Inovação e Sustentabilidade da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP). Quando um projeto busca permeabilidade no pavimento, uma opção é o pavimento intertravado permeável, com peças de concreto permeável, seguindo as especificações de outra norma, a ABNT NBR 16416:2015.

 

Vantagens dos Pisos Intertravados

pisos
Pavimento permeável retangular com juntas alargadas

 

.

pisos
Luiz Paulo Calvo, da Presto

Apesar da questão da permeabilidade, os pisos intertravados oferecem muitas vantagens construtivas a um projeto. “O atributo de maior força é sua possibilidade de ser montável e desmontável”, exemplifica Luiz Paulo Calvo, diretor industrial da Presto Blocos e Pisos de Concreto.

“Uma vez aplicado, é possível utilizar o pavimento integralmente, sem perder o desempenho de projeto e pode-se, a qualquer tempo, retirar as peças, efetuar um conserto ou uma instalação nova e depois remontar o pavimento sem perda do material”.

 

Os pisos utilizam equipamentos de pequeno porte na execução, têm baixo custo de manutenção e formam uma superfície naturalmente antiderrapante.  “É considerado sustentável também por prover pouca ou quase nenhuma poluição”, acrescenta Edilton Moreira, Laboratorialista na Pré-Moldados 3 Irmãos.

 

pisos
Edilton Moreira, da Pré-Moldados 3 Irmãos

 

As peças são pré-fabricadas e possuem durabilidade e resistência à compressão e à abrasão, podendo ser reaproveitadas em caso de intervenção ou manutenção no pavimento. Além disso, têm aspecto visual próprio, com variedade nas peças de concreto em termos de formas, texturas e cores.

 

pisos
Marcelo Kaiuca da Multibloco

“É o sonho de consumo de arquitetos, paisagistas e projetistas. As peças de concreto podem incorporar a sinalização horizontal ao pavimento, sem necessidade de pintura nem alteração da textura do piso, aumentando a segurança dos pedestres”, relata Marcelo Kaiuca, diretor da Multibloco.

 

 

pisos
Piso da Multibloco em estacionamento Outlet Premium, em Duque de Caxias (RJ)

 

No entanto, há uma opção mais escolhida nos projetos, mesmo com tantos desenhos para as peças de concreto na constituição do intertravamento. “O mais comum hoje são o retangular e o de 16 faces. O intertravamento se dá melhor quando assentados em espinha de peixe”, detalha Tauil. “Na instalação das peças pré-moldadas, não há geração de calor e materiais voláteis, como ocorre no asfalto”, completa Silva.

 

pisos
Pavimento intertravado, modelo retangular

 

A aplicação dos pisos também é outro ponto positivo. “É um dos sistemas mais versáteis existentes no mercado. Podem ser aplicados em casas, condomínios, áreas comerciais, vias urbanas e áreas industriais”, conta Kaiuca. A mão-de-obra necessária pode ser treinada de forma considerada simples para a execução do revestimento. Além dos pontos já citados, existe também um importante elemento ambiental envolvido. “Os pisos intertravados são 100% recicláveis”, lembra Calvo.

 

pisos
Piso intertravado colorido, da Pré-Moldados 3 Irmãos

 

A pavimentação intertravada já é bastante utilizada e difundida no Brasil. O espaço público urbano é pavimentado praticamente todo com pisos intertravados ou pavimentos permeáveis. Apesar disso, o País vive ainda uma necessidade de pavimentação de grande parte de suas ruas. Somados aos aspectos sociais e ambientais, um trunfo é o aspecto econômico do piso, com custos considerados vantajosos.

 

pisos
Luiz Paulo Calvo e Edvaldo Félix da Presto

 

“Há muito potencial de mercado. Continuaremos crescendo na medida em que os fabricantes gradativamente se equiparem das tecnologias e equipamentos necessários para tal. Uma etapa que talvez venhamos a passar neste amadurecimento é a especialização das instalações, que julgo necessária para alcançarmos níveis superiores de acabamentos e variações”, diz Calvo. “Mas para esse mercado ser alavancado da forma como merece, depende muito dos governantes”, emenda Moreira.

 

Com o patrocínio de:

 

 

 

 

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

 

Verificar também

A importância da normalização dos pré-fabricados

A expectativa é bastante positiva do setor de pré-fabricados pela recente normalização promovida pela ABNT, …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *