TEM NEWS

Por que telhas termoacústicas são indicadas à construção sustentável?

telhas galvanizadas
Siote Blog

Por que telhas termoacústicas são indicadas à construção sustentável?

Na hora de definir as especificações técnicas e práticas de um projeto de construção, especialmente se esta for sustentável, um dos quesitos mais relevantes é a cobertura e o telhado das edificações. Isso porque envolvem questões de temperatura e bem-estar, sem contar que a matéria-prima com a qual são fabricados pode ser fator decisivo para a saúde financeira, humana e ambiental (ou mesmo a falta dela). Nesse sentido, as telhas termoacústicas são ótimos recursos.

Considerada uma telha metálica e um dos tipos mais completos de telhas galvanizadas, a telha termoacústica tem sido reconhecida no mercado como mais uma opção interessante a projetos arquitetônicos baseados em sustentabilidade ou os cada vez mais populares green buildings. Sua estrutura é composta por duas chapas de aço galvanizado, aço inox, galvalume  ou alumínio, preenchidas por diferentes tipos de materiais isolantes, característica que também concede às telhas termoacústicas a denominação de telhas sanduíche.

 

telhas galvanizadas
Vista interna da telha termoacústica DânicaZipco instalada – Divulgação

 

O que faz das telhas termoacústicas uma solução sustentável

Dentre esses isolantes, o poliestireno (EPS ou Isopor®), poliuretano (PU) e a lã de rocha, vidro ou PET são os insumos utilizados na produção das telhas termoacústicas, sendo o PU o mais geralmente aplicado. De acordo com Giovani Santana de Oliveira, especialista em telhas termoacústicas e gerente do segmento de revestimentos térmicos da empresa DânicaZipco, os três formam uma espécie de barreira, o que indica que esses padrões de telhas são a saída mais apropriada para quem procura conforto térmico e acústico.

 

telhas galvanizadas
Estrutura de uma telha termoacústica de EPS – Habitíssimo

 

O conceito das telhas termoacústicas é muito conhecido fora do Brasil, principalmente em países frios, onde é necessário conter o calor. Já em países quentes, o efeito é inverso e o calor fica mantido fora da edificação”, explica Oliveira. Para ele, as características que tornam a telha termoacústica uma opção sustentável para a arquitetura verde são:

 

– A não absorção de temperatura, o que facilita a diminuição do aquecimento ambiental.

– Redução significativa de ruídos externos (sua barreira acústica chega a 40 dB).

– A economia de até 40% de energia elétrica com ar-condicionado em locais quentes.

– Todos os seus materiais são recicláveis.

– Sua vida útil, que é de aproximadamente 50 anos.

– Seu uso como cobertura, pois além de oferecerem proteção térmica, as telhas termoacústicas também servem como forro.

– Sua resistência, alta durabilidade e a garantia de montagens mais limpas.

– A redução de CO2, que é calculada com a economia de cargas de refrigeração.

 

 

Oliveira destaca, ainda, que quando a cobertura é avaliada como um todo, com as telhas termoacústicas é possível economizar não só na operação, como também na construção. “Quando comparamos o uso de uma telha convencional ao da telha térmica, percebemos mais uma vantagem das termoacústicas, graças ao seu peso: enquanto a primeira pesa de 35 a 55 kg/m2, o peso das telhas metálicas termoacústicas é de 6 a 11 kg/m2. Ou seja, a economia já começa na estrutura, que consegue suportar um peso próprio 70% menor”.

 

telhas galvanizadas
Uso de telhas termoacústicas da DânicaZipco, em empreendimento na cidade de Taubaté, SP – Divulgação

 

Outra importante opinião referente às telhas termoacústicas vem do engenheiro Fulvio Zajakoff, vice-presidente de coberturas metálicas da Associação Brasileira da Construção Metálica (ABCEM) e diretor geral da BEMO do Brasil. Para ele, o mais indicado é que o produto seja fabricado em galvalume, assim, oferecerá ainda mais resistência a possíveis oxidações e corrosões. “Além disso, o material garante excelente refletividade a altas temperaturas e apresenta um aspecto superficial elevado”, completa Zajakoff.

 

Para os mais diversos tipos de obras

telhas galvanizadas
A telha termoacústica pode ser utilizada nos mais variados tipos de edificações – DânicaZipco

 

Assim como os chamados painéis isotérmicos, as telhas termoacústicas podem ser empregadas em todos os padrões de edificação, seja ela comercial, industrial ou residencial, além de também retardar chamas, proporcionando comodidade e segurança. Antes da escolha pelo modelo ideal, é recomendado observar se o produto atende à norma NBR 15.575. Hoje em dia, alguns modelos de coberturas termoacústicas são aprovadas pela Caixa Econômica Federal para projetos habitacionais, como é o caso dos da marca DânicaZipco.

Ainda, Fulvio Zajakoff adverte que é fundamental fazer uso de telhas termoacústicas que sigam a norma brasileira ABNT NBR 16.373 atualmente em vigor e que trata de desempenhos específicos para telhas e painéis termoacústicos. “Dentre esses desempenhos, estão o térmico, os acústicos por absorção, acústicos por barreira e a resistência ao fogo”. O documento, criado pela ABCEM, apresenta em detalhes quais os atributos que uma telha termoacústica deve atender e, na opinião do engenheiro, é crucial para que profissionais da construção e consultores indiquem as particularidades de cada cobertura.

 

telhas galvanizadas
Além de sustentabilidade, as telhas termoacústicas garantem estética – DânicaZipco

 

Referindo-se ao mercado, o que falta para o Brasil é mais consciência em relação à adoção de telhas termoacústicas e os diversos benefícios obtidos nas obras, independentemente de seu porte. O consumo delas aqui, por exemplo, não passa dos 0,5%, ao passo que na Europa já é de 40% em âmbito residencial, segundo Giovani de Oliveira. O cenário prova que está nas mãos, sobretudo, do setor da construção civil mudar essa realidade, tornando as telhas termoacústicas um curinga e a opção número 1 quando o que se busca são projetos mais sustentáveis.

 

 

Quer se manter informado sobre outros projetos, tecnologias e eventos para construção sustentável? Assine o nosso boletim informativo!

Verificar também

A reciclagem de entulho e o empreendedor despreparado

Já escrevi aqui sobre o interesse de muita gente na reciclagem de resíduos da construção, …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *