TEM NEWS

Sanitários para canteiro: dicas para uma implantação sustentável

Sanitários
Fornecimento da Action Shop em canteiro de obra – Divulgação

Especialistas no assunto explicam como o uso e instalação de diferentes tipos de sanitários podem tornar os canteiros de suas obras ainda mais sustentáveis

Seja em um projeto de pequenas proporções, seja em obras de grande porte e, consequentemente, que exijam a presença prolongada de um canteiro, prezar pelo conforto, higiene e saúde dos operários é o ponto de partida para a qualidade do trabalho, do início ao fim. A começar pelo planejamento, que não só deve levar em conta questões de logística, custos e geração de resíduos, mas também a adoção de materiais e equipamentos seguros, modernos e sustentáveis, como é o caso dos sanitários químicos ou módulos em containers.

Mais do que a forma como ele funciona ou é fabricado, o que faz de um banheiro de obra uma opção vantajosa para construtoras, engenheiros e canteiros é sua implantação organizada e cuidadosa, detalhe que leva à sustentabilidade dos processos no dia a dia. Segundo Rosana Leal, engenheira civil e de segurança do trabalho e diretora da Rosana Leal Consultoria, o caráter sustentável das instalações sanitárias está atrelado aos estudos de planejamento, que definem qual é a necessidade a ser suprida.

 

Sanitários
Rosana Leal – Divulgação

“Nos casos em que a edificação é provisória, o ideal é que se empregue elementos móveis que possam ser instalados por um período e, após um prazo determinado, sejam removidos e utilizados em outro local”, indica Rosana. Na busca pelo equilíbrio financeiro, os custos dos equipamentos devem ser comparados com possíveis gastos com mão de obra, materiais e gestão de resíduos. Segundo a profissional, vale lembrar que a escolha por sanitários provisórios também inclui os recursos disponíveis para sua mobilização e manutenção.

 

De olho nas especificações dos sanitários temporários

Na hora de escolher e instalar os sanitários em uma obra, os responsáveis pelo projeto, bem como a empresa contratada para o serviço, precisam considerar dois critérios essenciais. Um trata das condutas exigidas pela NR-18, que define padrões mínimos de segurança e comodidade para banheiros de canteiro, outro implica na quantidade certa de dispositivos como chuveiro, lavatório, vaso sanitário, mictório e torneira em relação ao número de trabalhadores. Não obstante, a limpeza de cada sanitário também é peça-chave para seu uso.

 

Sanitários
Modelo VIP de sanitário químico da Action Shop, indicado para canteiros de obra – Divulgação

 

Rosana Leal explica que a temporalidade das instalações temporárias deve ser analisada em conjunto com as suas condições. “Por exemplo, em um canteiro de obras com duração prevista para 60 dias e que apresenta rede para coleta de esgoto, é mais interessante a utilização de um container sanitário em vez da construção das instalações”. Quando não há disponibilidade para coleta do efluente, a dica é optar por sanitários químicos, desde que a decisão seja pautada na análise das condições ambientais, do investimento financeiro e conforto.




 

De acordo com Liliane Prohmann, diretora de Comunicação da empresa Action Shop, especializada na locação de sanitários químicos para canteiros de obras, o destino dado ao esgoto é tema primário. “As frentes móveis de trabalho não podem dispor seus efluentes na rede coletora urbana de água e esgoto, portanto, são obrigados a dar-lhes uma destinação final adequada incluindo, inclusive, os efluentes líquidos. Os banheiros em si não prejudicam o meio ambiente, mas sim os resíduos armazenados, que podem afetá-los seriamente”.

 

Sanitários
O uso de banheiros químicos também é ideal para obras em túneis ou rodovias – Foto: Action Shop

 

Como ocorre a implantação, na prática?

Sanitários
Liliane Prohmann, da Action Shop – Divulgação

Liliane explica que, no caso de cabines sanitárias portáteis, a instalação é simples: requer apenas uma área determinada pelos técnicos da obra e a facilidade de acesso do caminhão para limpeza. Ainda, é importante a verificação dos sanitários para que não tenham vazamentos, o que poderia prejudicar o solo, bem como a aplicação de produto biodegradável na cuba das pias. “Seu efeito dura apenas 24 horas, ajuda na decomposição da matéria orgânica e facilita a sucção dos dejetos pelo caminhão”, observa a diretora.

 

Os efeitos positivos do uso de banheiros móveis e sustentáveis em canteiros foram percebidos durante as obras do Museu do Amanhã, localizado no Rio de Janeiro e que teve a Action Shop como fornecedora. Prohmann conta que, além dos benefícios já conhecidos, os operários do empreendimento desfrutaram de conforto térmico dentro das cabines, que foram protegidas do sol por coberturas provisórias feitas com sobras de madeira e telhas da própria construção, uma vez que sanitários químicos permitem tal produção.

Ficha técnica | Museu do Amanhã, Praça Mauá, RJ

Ano de entrega

2015

Prazo de execução

3 anos

Área construída

15.000 m²

Área total

34.600 m²

Cliente

Consórcio Porto Rio

Curadoria

Prefeitura do Rio de Janeiro

Arquitetura

Santiago Calatrava, arquiteto espanhol

Paisagismo

Escritório Burle Marx

Consultoria em sustentabilidade

Casa do Futuro

Gerenciamento

Ruy Rezende Arquitetura

Certificação

LEED® NC (Novas Construções) – Categoria Ouro

Prêmio recebido

“Leading Culture Destinations Awards”

Categoria: “Melhor Museu do Ano – América Central e do Sul”

 






Verificar também

Ações sustentáveis

Ações sustentáveis adotadas no Malai Manso minimizaram o impacto ambiental

Monitoramento e manutenção da fauna terrestre, controle de erosão e assoreamento e o uso de …

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *